Ter, 07 Dez
21:30

Teatro Sá da Bandeira

Classificação Etária: M/8
Duração: 60 minutos
Preço: 5.00 €

Bilheteira Online - Comprar Bilhetes




Teatro Sá da Bandeira
Música

Vulture of Portugal

Uma mistura fresca de grunge, rock e o peso doom

Com uma mistura fresca de grunge, rock e o peso doom os Vulture of Portugal apresentam agora ao vivo "Now I Know", um conjunto de 5 singles conceptuais que antecedem o novo disco com edição prevista para 2022. Produzido e gravado maioritariamente em Santarém a capital da região Ribatejana, o que incentivou o grupo a respeitar as suas origens e a reconhece-las em cada passo deste trabalho que se deixou influenciar por detalhes geográficos e humanos exclusivos desta região do mundo.

Decidiram produzir e gravar tudo no sítio onde estão, para a banda não faz sentido entrar em estúdios desconhecidos e gravar músicas sobre um mundo diferente. Transportaram o estúdio até ao Ribatejo, procuraram casas antigas e quintas que pudessem utilizar e tentaram trabalhar sempre neste ambiente único.

Biografia

" - De forma livre e demorada desenvolvemos o nosso material em nossa casa, rodeados pelos campos da lezíria e sempre ao lado do Tejo, tentamos captar este ambiente desde 2008"

Os Vulture Of Portugal usam este projecto para abordar temas pessoais e sociais que levantam questões, que fazem pensar, mentiras desconfortáveis ou verdades inconvenientes.

Sempre cheio de contradições e sarcasmo, tornou-se num trabalho documental e autobiográfico que começou com a edição do primeiro disco em 2009, " Pick Up The Pieces " . Dá origem a mais de uma centena de concertos pelo país e centenas de milhares de visitas nas suas plataformas online

No Ep " Doomed to Fail ", o conceito da "Regionalidade" é reforçado, a banda desloca estúdios móveis até quintas abandonadas no coração do Ribatejo de forma a garantir um som único, e os videos são gravados em locais emblemáticos da cidade como a Escola Prática de Cavalaria, o Presídio Militar ou a Praça de Touros Celestino Graça. O reforço deste conceito dá aos Vulture of Portugal o reconhecimento da parte da plataforma online Myspace, que lhes dá o titulo de "Banda Revelação" e desperta o interesse de alguns promotores mais atentos que decidem convidar os Vulture Of Portugal para palcos diferentes do habitual, com novos públicos, em festivais de músicas do mundo e terminou com a " Tour to Fail " em Londres.

Em 2018 começa uma nova fase, na qual os VOP juntam forças com alguns dos grandes talentos do Ribatejo.

A inspiração para o primeiro videoclip desta nova fase surgiu ao ver uma obra de “guerrilha” de Pedro Camilo, onde o artista usou um edifício em ruínas que fica na linha de comboio que liga o Entroncamento a Lisboa. Artéria célebre que desenvolveu esta zona durante muitos anos, mas hoje se encontra envelhecida e cada vez mais em desuso. Um símbolo do que terá sido outrora a região do Ribatejo, com linhas de transporte, com muita afluência e visitantes! Mas hoje encontra-se em ruínas e esquecida.... A motivação para continuar a fazer videos nos sítios mais emblemáticos da região continuou e escolheram o Teatro Rosa Damasceno, Zona Ribeirinha das Caneiras e mais recentemente a Quinta da Santarena com a participação especial do bailarino e coreógrafo Nuno Labau.

Os artistas reciclam estes espaços e dão-lhes o que parece ser o seu último propósito. Uma sátira, uma afirmação, um último erguer do seu braço antes de serem engolidos pelo pó.

Seguindo esta linha incluíram também o actor mais irreverente e carismático, o escalabitano Pedro Gouveia para participar num dos videos e o Tatuador João Teigas para criar uma edição especial de merchandising, pintada à mão, peças únicas e todas diferentes.

"Isto é exatamente o que nós tentamos fazer há 12 anos! Manter vivas pequenas vozes que ainda resistem, para que pelo menos fiquem documentadas.

Deixamos muito para ser sentido ao vivo e a cores. não queremos fazer parte de uma corrida ao pódio, queremos só escrever a nossa obra... sem prémios e sem recompensas. Vamos contar a nossa história como ela é. Um manto lento e pesado que cai sobre a plateia, que a deixa num estado introspectivo e melancólico, a experiência Vulture of Portugal não será leve e de fácil digestão mas sim uma viagem aos seus assuntos mais importantes, aquilo que verdadeiramente conta. Para nós é mais importante o conteúdo do que a embalagem. É importante termos um propósito e um fim. Queremos ser verdadeiros, criar uma obra que passe para o ouvinte a mesma sensação que temos. Por mais feia e desconfortável que seja e mesmo que isso não nos traga benefícios imediatos, vamos ter sempre esse objetivo."

Ficha Técnica

Voz e Guitarra - Leonardo Meixieiro | Guitarra- João Casaca | Baixo - Manuel Belo | Bateria - João Madeira | Teclados -Afonso Carvalho | Tec. Som - Nuno Loureiro | Tec. Iluminação - Gonçalo Silva | Tec. Video - Pedro Correia | Merchandising - César Aguiar

Música | Classificação Etária M/8 | Duração 01h00 | Preço 5€ (preço único)

Bilhetes à venda no TSB, na BOL, nas lojas Worten, FNAC e CTT

Horário de bilheteira física (Teatro Sá da Bandeira) de terça a sexta-feira 11h – 14h

A bilheteira abre 1 hora antes da sessão

Ter, 7 dez às 21h30

Teatro Sá da Bandeira

Normas COVID-19

Uso obrigatório de máscara | Desinfeção das mãos à entrada | Respeitar o distanciamento social | Respeitar os circuitos de circulação
Vulture of Portugal