Sáb, 09 Nov 2019
16:00

Centro Histórico

Classificação Etária: Todos
Gratuito



Centro Histórico
Música

FÓS 2019 | Visita Orientada

II Festival de Órgão de Santarém 2019
Programa Visita Orientada – 9 de novembro

Rota dos Órgãos Históricos de Santarém, por Vera Duarte

Igreja de Sta. Maria da Alcáçova, 16h00

Canto e Órgão

Hélia Castro

Daniel Nunes

Mozart (1756-1791), Laudate Dominum, de Vesperae Solennes de Confessore

Mozart (1756-1791), Ouverture Kv399

P. Mascagni (1863-1945), Ave Maria (adaptação do Intermezzo da Cavalleria Rusticana)

Igreja de Nª Sra. da Piedade, 16h30

Órgão Solo

Paulo Bernardino

Anónimo (séc. XVII), Meio registo de 2º Tom de dois tiples e dois contrabaixos

D. Buxtehude (1637 – 1707), - Fuge in C – BuxWV 174

J.P. Sweelinck (1562 - 1621), Ballo del Granduca (SwWV 319)

Catedral de Santarém, 17h00

Órgão e Coro

Marta Cruz

Coro do Círculo Cultural Scalabitano

João Rodrigues Esteves (1700-1755), Regina Caeli Laetare

Frei José da Madre de Deus (séc. XVIII), Fuga I em Ré m (Órgão)

Jacob de Haan (1959*), Gloria da "Missa Brevis" de (Coro e Órgão)

Guided Tour Programme – 9th of November

Historical Organs of Santarém Route, by Vera Duarte

Igreja de Sta. Maria da Alcáçova (Church), 4:00 p.m.

Voice and Organ

Hélia Castro

Daniel Nunes

Mozart (1756-1791), Laudate Dominum, from Vesperae Solennes de Confessore

Mozart (1756-1791), Ouverture Kv 399

P. Mascagni (1863-1945), Ave Maria (adaptation of the Intermezzo from Cavalleria Rusticana)

Igreja de Nª Sra. da Piedade (Church), 4:30 p.m.

Organ Solo

Paulo Bernardino

Anonymous (17th century), Half register in the 2nd Tone for two tiples and two double basses

D. Buxtehude (1637 – 1707), Fugue in C – BuxWV 174

J.P. Sweelinck (1562 - 1621), Ballo del Granduca (SwWV 319)

Catedral de Santarém (Cathedral), 5:00 p.m.

Organ and Choir

Marta Cruz

Coro do Círculo Cultural Scalabitano (Choir)

João Rodrigues Esteves (1700-1755), Regina Caeli Laetare

Frei José da Madre de Deus (17th century), Fugue in D minor (Organ)

Jacob de Haan (1959*), Gloria from "Missa Brevis" by (Choir and Organ)

Hélia Castro

Natural do Porto iniciou os estudos de Canto aos 18 anos, no Conservatório de Gaia, com Mário Mateus, tendo concluído com 19 valores. Prosseguiu estudos com vários professores nacionais e estrangeiros, sendo os que mais influenciaram a sua formação: Isabel Alcobia, Claire Vangelisti, Hilde Zadek, Enza Ferrari e Marc Tardue. Frequentou cursos de aperfeiçoamento na Universidade de Aveiro, em Inglaterra e em Itália.

Foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian.

Em ópera, destacam-se as suas interpretações como Micaela, Norina, Rainha da Noite e Suor Angelica. Em oratória, as suas participações mais relevantes foram em: Missa em Dó Menor de Mozart, Glória de Vivaldi, Oratória de Natal de Saint-Säens e Te Deum de Dvorak.

Atuou com algumas conceituadas orquestras portuguesas, como Filarmonia das Beiras, Orquestra da Escola Superior de Música de Lisboa, Orquestra do Norte e Orquestra Clássica do Centro.

Tem-se apresentado em concertos em várias salas de espetáculo do país e do estrangeiro (Madrid, Paris, Itália, Alemanha e Reino Unido).

É licenciada em Medicina, assistente graduada em Medicina Geral e Familiar e é médica de família na Unidade de Saúde Familiar Cortes d’Almeirim.

Hélia Castro was born in Porto and started having singing lessons when she was 18, at the Conservatório de Gaia with Mário Mateus, having completed her course with a final grade of 19 (0-20 scale). She then studied with several Portuguese and foreign professors, being more strongly influenced by the following: Isabel Alcobia, Claire Vangelisti, Hilde Zadek, Enza Ferrari and Marc Tardue. She attended further training courses at Universidade de Aveiro and in England and Italy.

Hélia was awarded a Calouste Gulbenkian Foundation scholarship.

When it comes to opera, Hélia distinguishes herself in her acting as Micaela, Norinha, Queen of the Night and Suor Angelica. Regarding oratorio, her most significant participations were in: Mass in C minor from Mozart, Gloria from Vivaldi, Christmas Oratorio from Saint-Säens and Te Deum from Dvorák.

She performed with some prestigious Portuguese orchestras, such as the Orquestra Filarmonia das Beiras, the Orquestra of Escola Superior de Música de Lisboa, the Orquestra do Norte and the Orquestra Clássica do Centro.

Hélia has been performing in several concerts halls here in Portugal and also overseas (Madrid, Paris, Italy, Germany, and the United Kingdom).

She has a degree in Medicine, she is a graduate assistant in General and Family Medicine and she is also a family doctor at the Unidade de Saúde Familiar Cortes d’Almeirim.

Daniel Nunes

Iniciou os seus estudos musicais em Santarém, com a professora Prazeres Marçal. Em 2004 ingressou na escola de música “O Piano”, onde teve aulas de piano com David Colaço, Hélder Penedos, e Simões Ribeiro.

Em 2006 iniciou os estudos de Órgão com António Esteireiro no Instituto Gregoriano de Lisboa.

Em 2011 frequentou a licenciatura em Órgão na Escola Superior de Música de Lisboa, sob a orientação de João Vaz.

Em 2012 estudou com Jos van der Kooy no Conservatório Real de Haia, na Holanda.

Em 2013 foi admitido na classe de Jacques van Oortmerssen, no Conservatório de Amesterdão. Aí terminou recentemente o seu mestrado em performance com Pieter van Dijk e Mathias Havinga, tendo como professor convidado Louis Robilliard.

Tanto em Portugal como na Holanda tem participado em vários projetos e concursos. Tem participado igualmente em cursos de aperfeiçoamento com os organistas Daniel Roth, Eduardo Bellotti, William Porter, Leo van Doeselaar, Jan Willem Jansen, Peter Planiavsky e Michel Bouvard.

Daniel Nunes started studying music in Santarém, with Professor Prazeres Marçal. In 2004, he joined the music school "O Piano", where he attended piano lessons with David Colaço, Hélder Penedos and Simões Ribeiro.

Two years later, he started studying Organ with António Esteireiro at Instituto Gregoriano de Lisboa.

In 2011, he entered an Organ Degree at Escola Superior de Música de Lisboa, under the guidance of João Vaz.

In 2012, he studied with Jos van der Kooy at the Royal Conservatoire The Hague, in The Netherlands.

In 2013, he was admitted to Jacques van Oortmerssen' class, at the Conservatorium van Amsterdam. There he finished his Masters in Performance with Pieter van Dijk and Mathias Havinga, and also Louis Robilliard as visiting professor.

Daniel Nunes has been participating in several projects and competitions, both in Portugal and in The Netherlands. He has also been participating in further training courses with the organists Daniel Roth, Eduardo Bellotti, William Porter, Leo van Doeselaar, Jan Willem Jansen, Peter Planiavsky and Michel Bouvard.

Paulo Bernardino

Investigador, maestro, compositor, organista e pianista, é licenciado em Música Sacra pela UCP – Porto (2003), é autor de diversos estudos sobre a obra de Manuel Faria e outros. Enquanto compositor é representado pela editora MPmp na qual também é criador e responsável pela linha editorial Sacra XX-XXI.

Doutorando em Direção (Coral) na Universidade de Aveiro, é diretor artístico do Coro da Tuna de Perosinho (Gaia), do Grupo Coral de Urrô (Arouca) e do Manuel Faria Ensemble.

Colabora com a paróquia de Espinho num projeto que visa a renovação musical litúrgica e sacra, sendo responsável pela criação do coro infanto-juvenil Schola Cantorum Stella Maris. Professor na Escola Diocesana de Música Sacra de Coimbra desde 1994, tem desempenhado desde então as funções de organista titular da Sé Catedral de Coimbra. Acumula função idêntica na Capela da Universidade de Coimbra desde 2007. Com mais de uma dezena de trabalhos discográficos, tem se apresentado em concertos a nível nacional e internacional.

Paulo Bernardino is a researcher, conductor, composer, organist and pianist. He graduated in Sacred Music at UCP – Porto (2003). He is the author of several studies about the work of Manuel Faria and others. As a composer, he is represented by the MPmp publisher, where he is also the creator and the head of the editorial line Sacra XX-XXI.

A PhD student of Conducting (Choral) at the Universidade de Aveiro, he is the artistic director of the Coro da Tuna de Perosinho (Gaia), the Grupo Coral de Urrô (Arouca) and the Manuel Faria Ensemble (Choirs).

He is also a contributor on a project about sacred and liturgical music in Espinho, where he was responsible for creating the youth choir Schola Cantorum Stella Maris. Since 1994, he has been a professor at Escola Diocesana de Música Sacra de Coimbra and simultaneously the organist of the Sé Catedral de Coimbra. He has held a similar position at the Capela da Universidade de Coimbra since 2007. This musician has more than a dozen records and has been doing concerts in Portugal and overseas.

Marta Cruz

É Licenciada em Música, Área de Especialização em Performance, Órgão, pela Universidade de Aveiro, onde estudou com Edite Rocha e António Mota, tendo concluído na mesma instituição o Mestrado em Ensino de Música, Órgão. É diplomada em Órgão (Escola de Música Canto Firme, Tomar) e em Piano (Escola de Música do Conservatório Nacional, Lisboa). Possui Diploma Universitário de Músico Atuante da Universidade Marc Bloch de Estrasburgo.

Realizou vários concertos como organista em parceria com o Coro Misto da Associação Canto Firme de Tomar, destacando-se a obra Via Crucis, de Franz Liszt. Participou no Ciclo de Órgão na Misericórdia de Aveiro em 2011 e 2012. Tem participado em eventos e concertos nos Órgãos Históricos de Santarém.

É docente no Conservatório de Música de Santarém desde 2003, apresentando-se como organista em eventos e concertos promovidos por esta instituição.

É organista na Igreja Paroquial do Cartaxo e organista na Igreja Evangélica Alemã em Lisboa.

Marta Cruz holds a Degree in Music, specializing in Performance − Organ, by the Universidade de Aveiro, and a Masters in Music Teaching − Organ, where she studied with Edite Rocha and António Mota. She has a Degree in Organ (Escola de Música Canto Firme, Tomar), and Piano (Escola de Música do Conservatório Nacional, Lisboa) and she also holds a Degree as "Performing Musician" from the Marc Bloch University (Strasbourg).

She participated in several concerts as organist in collaboration with the Coro Misto da Associação Canto Firme de Tomar, where we can highlight the work Via Crucis by Franz Liszt. She was a part of the Ciclo de Orgãos na Misericórdia de Aveiro in 2011 and 2012, and she has also been participating in the Historical Organs of Santarém Festival.

She has taught at the Conservatório de Música de Santarém since 2003, where she is the organist at events and concerts.

In the meantime, she is also the organist at Igreja Paroquial do Cartaxo and Igreja Evangélica Alemã, in Lisbon.

Coro do Circulo Cultural Scalabitano

Herdeiro do Orfeão Scalabitano, fundado em 1925, e do Coro Alfredo Keil, cuja atividade decorreu entre 1962 e 1969. Nos anos 70, um grupo de pessoas assumiu a responsabilidade de transmitir aos outros uma herança universal através do canto, dando origem ao atual agrupamento, que surge como corolário da centenária veia artística scalabitana, formando uma estrutura polifónica fundamental para o desenvolvimento musical de qualidade que se pretende implementar nos cantores amadores. A profissionalização da Direção Coral possibilitou não apenas prosseguir a renovação mas alcançar também outros objetivos: a generalização da técnica vocal, os conhecimentos em música, um repertório mais erudito e a consequente qualidade interpretativa. Este grupo (en)canta de Norte a Sul do país, Madeira, Açores, Espanha, França, República Checa e Itália.

A sua direção artística está a cargo do maestro António Matias.

The Coro do Círculo Cultura Scalabinato is the heir of the Orfeão Scalabitano, founded in 1925, and of the Coro Alfredo Keil, active between 1962 and 1969. In the '70s, a group of people took the responsibility of sharing a universal heritage through singing, leading to the actual grouping that appears as a corollary of the centenary scalabitano artistic vein, creating a polyphonic structure essential to the quality musical development that should be implemented on amateur singers. The professionalization of Choral Conducting enabled not only the carrying on of the renewal, but also the achievement of other goals: the generalization of vocal technique, music knowledge, a more art-music oriented repertoire and the consequent interpretative quality. This group (en)chants the entire country, Madeira, Azores, Spain, France, Czech Republic and Italy.

The artistic coordination is done by the conductor António Matias.

António Matias

Natural da Figueira da Foz, este trompetista de formação, foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, trabalhou com diferentes maestros em distintos agrupamentos musicais, como a Orquestra Portuguesa da Juventude, e no plano da direção, frequentou cursos e masterclasses de direção de orquestra, bandas civis e de coros com maestros nacionais e estrangeiros. A sua paixão pela música exprime-se de igual modo através da composição de arranjos e trabalhos originais para orquestra de Jazz, Coro e Banda Sinfónica.

António Matias was born in Figueira da Foz. He studied trumpet and was awarded a scholarship by the Fundação Calouste Gulbenkian. In his professional life, he worked with several conductors in different musical groups, such as the Orquestra Portuguesa da Juventude, and as a conductor, he joined classes and masterclasses in orchestral, band and choir conducting with Portuguese and foreign conductors. His passion for music is expressed in the writing of arrangements and original works for Jazz orchestras, Choirs and Symphonic Bands.

FÓS 2019 | Visita Orientada