Teatro

A Casa de Bernarda Alba, por Poético Paralelo Associação / Teatro Nêspera

Projeto Vilas

Casa de Bernarda Alba, por Poético Paralelo Associação / Teatro Nêspera

Projeto Vilas

Sáb, 17 Dez., 21h30 I Música Velha de Pernes I Teatro

“Abram portas e janelas as que não vêem o céu.”

Debruçamo-nos sobre este texto de Frederico García Lorca tratando-o como um hino ao sonho, à liberdade e ao feminino. Pela liberdade de ser quem são, pela vontade de soltar os seus corpos das convenções e amarras sociais, onze jovens adolescentes descobrem-se dentro destes espectros fantasiados. Com um pulsar de manifesto e experimentação este é um espetáculo que permanece vivo e errático.

Nesta viagem por esta obra de Lorca, foi importante falar sobre o sonho e o seu espaço na existência, na encenação representado pelo músico em cena assemelhado ao Pepe Romano. O Pepe Romano que representado como uma ideia, uma libertação, e não um homem, é assemelhado ao papel da arte na vida e a importância que a mesma tem na nossa capacidade de sonhar. A equipa artística é composta por elementos emergentes da cultura scalabitana, sendo que o espetáculo é acompanhado por música ao vivo ao cargo de Pedro Mourinha.

Ficha técnica

Assistência de Direção Gabriel Silva | Música Original e Espaço Sonoro Pedro Mourinha | Desenho de Luz Miguel Canaverde | Interpretação Afonso Almeida, Catarina Mendes, Catarina Mogas, Filipa Graça, Gabriela Santos, Inês Paulino, Isa Almeida, Margarida Monteiro, Pedro Pratas, Stephany Malpica, Xénia Nogueira
A Casa de Bernarda Alba, por Poético Paralelo Associação / Teatro Nêspera